Articles

DESAFIOS GERENCIAIS

sejuta manfaat artikel unik sejarah kerajaan

Quando vemos o que está acontecendo no Brasil, em particular no Governo Federal, e em muitas empresas privadas, podemos constatar o quanto estamos distantes das técnicas e ações necessárias para preencher os vazios da administração e do gerenciamento brasileiros, quando os comparamos com muitos países do mundo. Sobretudo no século XXI, parece que não estamos preparados para vencer a concorrência mundial, com nossas metodologias de gerenciar negócios pessoais, profissionais ou públicos. Tudo requer reflexões e mudanças nas práticas e nas regulamentações legais.

 

Os jovens já perceberam isso e estão se preparando. Os dados compilados pelas Universidades mostram claramente o interesse das novas gerações, procurando se capacitar mais, tomando como opção, os diferentes cursos oferecidos. Entendem que os produtos encontrados nas lojas são inteligentes e criativos. E mais, que são criados por mentes culturalmente avançadas e competentes. Sabem que as empresas que estão vencendo no mercado, são aquelas que contam com o talento e capacidade inovadora da sua força de trabalho. Ou seja, estamos num mundo crescentemente inteligente e hábil!

 

Fonte: Pixabay

 

A sociedade moderna não pode ser descrita somente com os objetivos importantes da tecnologia ou da produtividade. Está mais do que claro que esses dois atributos estão na ponta de lança para o sucesso das empresas produtoras de valor, mas há o que se dizer sobre a necessidade de que sejam apoiados por organizações eficientes. Nesse horizonte, emergem as técnicas de gestão, as quais se mostram como reais ferramentas para produzir resultados positivos.

 

Na medida em que as organizações crescem em tamanho e diversificação, estudos e técnicas de manufatura devem ser realizados para que cada item, levado às linhas de manufatura, utilize meios que dão “certo”! O consumidor não mais aceita um produto que falha em satisfazer, ou que requeira ser vendido a preços mais altos e deficientes no seu funcionamento ou performance.

 

Todavia, o que se vê não são muitas as empresas “certas” que fazem produtos “certos”. Muitos perguntam, por que? Uma análise simplista poderia identificar o problema e concluir que o produto selecionado, por inúmeras razões, não pôde ser produzido melhor do que aquele entregue pela concorrência mundial. Muitas vezes, sem a devida preparação de suas gerências internas, agências de recursos humanos empregam colaboradores quase sem análise da disposição de cada um de trabalhar bem e estar motivado, apto e instruído o suficiente para fazer o “certo”. É óbvio que as empresas bem-sucedidas conseguem isso!

 

As pessoas precisam compreender a estrutura organizacional de suas empresas, reconhecer a importância dos princípios da autoridade e da responsabilidade. Ou seja, o gerenciamento ganha importância, pois dele dependem os resultados, contando com poder de decisão e responsabilidade. No mundo dos produtos complexos e sofisticados atuais, essa compreensão é imensamente importante!

 

Todo o descrito se aplica a tudo e a todos! Pessoas, empresas, agências governamentais e Governos em geral. Estamos em ano eleitoral e a reação que se espera é também uma nova atitude do eleitor, colocando seu voto consciente naqueles candidatos competentes e que se comprometam com o futuro e, sobretudo com o sucesso de seus municípios no mundo global e competitivo da atualidade e do futuro!

 

Artigo publicado no Jornal A Tribuna em 09/10/2016.

Submit a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *